Buenas, amigos!

A pauta da edição #87 do Ainda Sem Nome nasceu de uma sugestão do Humberto Massa via twitter.

Basicamente, começou com as respostas automáticas da Samsung no Reclame Aqui e virou uma discussão sobre chatbots e como eles serão relevantes daqui em diversas frentes. Alguns links de referência:

http://minutoprodutivo.com/bizarro/samsung-responde-receita-de-costela-no-bafo-no-reclame-aqui
http://www.businessinsider.com/how-chatbots-could-change-the-balance-of-power-in-tech-2016-4
http://www.businessinsider.com/what-are-chatbots-and-who-is-building-them-2016-4

Também fizemos a réplica do comentário do Lucas Valadares, que deixou sua contribuição em áudio através do (31) 99975-0835. Adicione o Ainda Sem Nome em seus contatos e participe conosco através do Telegram.

Um abraço e bom episódio!

PS: Você também pode acessar o #ASN pelo YouTube!

Leave a Reply to Lucas Valadares Cancel reply

One comment on “Ainda Sem Nome #87 – Chatbots e a Costela da Samsung no Reclame Aqui

  1. Fico pensando em como esse bots podem realizar funções como sac ou telemarketing efetivamente como um humano. Acho que pra isso eles precisarão ser inteligentes e conseguir aprender. Mas não só aprender com o que é apresentado para eles ou arquivado em um banco de dados, será preciso que eles interpretem e pesquisem soluções para se adaptar as situações. A Tay da Microsoft por exemplo não me pareceu chegar a esse ponto, ela só lia o que os usuários jogavam nela, mas por si só ela não conseguia aprender.

    Faço um gancho com o EX-Machina citado pelo Caio. No filme o teste de turing é um ponto importante. Talvez esses bots consigam passar no test de turing em um primeiro momento, mas na pratica eles vão precisar se adaptar a coisas imprevisíveis como gírias, memes, diferenças culturais entre regiões, etc.

    Por mais próximo que estejamos de uma aplicação desses bots, isso se dá com interações previsíveis como sugerir compras de produtos, indicar rotas, etc. Mas em SACs ou telemarketing terão situações como: “não tenho o Google instalado”.

    Eu fico empolgado com as possibilidades desses bots começarem a ser usados e em como isso pode ser util de varias formas, só o “Ok Google” já é uma mão na roda. No dia que os bots chegarem no ponte de saber responder por que motivo o “google não esta instalado” ai teremos um JARVIS ou uma SKYNET para lidar.

Ainda Sem Nome © 2015